Olhar Direto

Sexta-feira, 21 de junho de 2024

Notícias | Política MT

crimes financeiros

Rodrigo Janot descarta suspeição de procuradora da Ararath casada com dono de factoring

Foto: Reprodução

Procurador Geral da República Rodrigo Janot

Procurador Geral da República Rodrigo Janot

O procurador geral da república e chefe do Ministério Público Federal Rodrigo Janot descartou que haja qualquer tipo de suspeição sobre o nome da procuradora Vanessa Scarmagnani, que atua na Operação Ararath na investigação de empresas que agem irregularmente como instituições financeiras sem autorização do Banco Central.


A questão levantada é que Vanessa é casada com Jean Cleber Lopes Scarmagnani, sócio da Positiva Factoring, empresa que atua em Cuiabá e é de propriedade do pai, Claudecir Scarmagnani.

Leia mais
Marido de procuradora que investiga crimes financeiros na Ararath é dono de factoring
Janot diz que processo eleitroral não interfere no curso da Ararath; nova fase pode acontecer durante campanha

Em resposta ao questionamento da reportagem, o procurador disse que a investigação está centrada em atividades ilícitas e aos autores de eventuais crimes.

"Não existe nenhuma suspeição sobre a atividade de fomento, que é lícita e regulamentada. A investigação se volta contra atividades ilícitas e os autores de eventuais crimes. Nada na investigação indica motivo para o afastamento da procuradora natural do caso, uma vez que o marido da procuradora não é alvo da investigação", afirmou ao Olhar Direto.

Diferente opinião nutre o deputado e candidato ao governo José Riva (PSD). Na sua opinião, o procurador faz campanha para o senador e também candidato Pedro Taques (PDT).
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 
xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet