Olhar Jurídico

Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021

Notícias | Empresarial

FALÊNCIA

Massa falida dos Supermercados Modelo promete retomar pagamentos de ex-funcionários

06 Mai 2016 - 11:56

Da Redação - Paulo Victor Fanaia Teixeira

Foto: Reprodução

Massa falida dos Supermercados Modelo promete retomar pagamentos de ex-funcionários
O administrador judicial da massa falida dos Supermercados Modelo, o advogado Antonio Luiz Ferreira, adiantou nesta sexta-feira (06) que irá retomar a primeira etapa dos pagamentos dos ex-funcionários da rede em até 30 dias. Para tanto, alertou que credores realizem a correta habilitação para garantir o recebimento dos valores. O Grupo Modelo, que tinha cerca de 3 mil trabalhadores diretos e um 1 mil indiretos, iniciou processo de falência em agosto de 2014.

Leia mais:
Empresa agropecuária com dívida de R$ 148 milhões tem plano de recuperação judicial aprovado

De acordo com o administrador da massa falida, estão aptos a receber, nesta primeira etapa, os funcionários que constam da lista de 1.102 ex-funcionários que trabalharam na empresa até a data de encerramento das atividades. O pagamento, de acordo com o previsto no artigo 151 da “Lei de Falência”, refere-se aos três salários e que não ultrapasse o montante de cinco salários mínimos.

Ainda, eventuais débitos restantes serão objetos de uma nova etapa de pagamento, a ser realizada em ciclos, que só poderá ser iniciada após a conclusão desta primeira. “Para que os funcionários recebam os valores, é essencial que a habilitação seja feita de maneira correta”, alertou o advogado.

A primeira etapa dos pagamentos foi iniciada em agosto de 2015 e ainda não foi concluída “devido às informações inadequadas prestadas pelos próprios credores trabalhistas no momento da habilitação”, explica o administrador. Entretanto, do total de aproximadamente R$ 1, 827 milhão, mais de R$ 1,414 milhão já foram pagos, pondera.

A massa falida do Modelo explica ainda que os ex-funcionários que se enquadram na lista da primeira etapa e ainda não receberam, devem ser titulares de uma conta bancária e informar os dados à administração.

“É fundamental que a conta seja aberta com o mesmo CPF do ex-funcionário, ou seja, não são admitidas contas de terceiros para efetuar o pagamento”, diz o administrador judicial.

Aqueles que estiverem impossibilitados de abrir contas corrente em agências bancárias por restrições de crédito, podem procurar pelas opções de conta fácil ou conta poupança oferecidas pela Caixa Econômica Federal nas agências lotéricas e dos Correios.

Os dados devem ser encaminhados por e-mail para o endereço eletrônico massafalidamodelo@gmail.com, aos cuidados de Marcus Vinicius Ferreira. É necessário informar os dados bancários, com agência, número da conta e tipo da conta (corrente, poupança, etc.), além dos dados pessoais (RG e CPF), para devida conferência cadastral.

De acordo com ele, por se tratar de demanda judicial, os pagamentos somente serão liberados após o cadastramento de todos os credores. Desta forma, é importante que a habilitação seja feita o quanto antes.

Ao todo o Grupo possuía cerca de 14 unidades entre hipermercados, supermercados e atacarejos (vendas no atacado e varejo). Além disso, a rede possuía sua própria empresa de distribuição, a ABS Logística, localizada no Distrito Industrial de Cuiabá, mais precisamente na rodovia BR-364, sentido Cuiabá-Rondonópolis. A rede possuía ainda farmácias e restaurantes em algumas unidades, como no HiperModelo, Pantanal Shopping e Miguel Sutil. O Modelo iniciou o fechamento de suas lojas em janeiro de 2013.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet