Olhar Jurídico

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Notícias | Criminal

De volta aos trilhos

Operação da PF sequestra avião de R$ 2 milhões e loteamento em cidade de MT

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto/Ilustração

Operação da PF sequestra avião de R$ 2 milhões e loteamento em cidade de MT
A operação “De Volta aos Trilhos”, deflagrada nesta quinta-feira (25), pela Polícia Federal (PF), sequestrou diversos bens dos acusados de participar crimes financeiros e lavagem de dinheiro. Entre os bens sequestrados estão um loteamento na cidade de Água Boa (670 km de Cuiabá) e também dois aviões, sendo que um deles é avaliado em R$ 2 milhões.

Leia mais:
PF deflagra operação contra lavagem de dinheiro e cumpre mandados em GO e MT
 
Conforme as investigações do Ministério Público (MP), uma equipe da polícia esteve no dia 18 de maio deste ano para Água Boa, no intuito de confirmar a localização da empresa Noroeste Imóveis Ltda. Porém, constatou que o endereço tratava-se de um lote pertencente a um loteamento denominado Jardim Noroeste, que encontra-se em fase de vendas.
 
Consta ainda que a venda dos lotes demonstra que um dos suspeitos, Jader Ferreira das Neves, continua em plena atividade criminosa, de forma que a prisão preventiva seria a medida imperiosa para evitar que ele continue operando e cometendo crimes (garantia de ordem pública).
 
O Ministério Público aponta que Jader recebeu 61.200 cotas do capital social da empresa Noroeste Imóveis. “A fim de ocultar a proveniência do bem, Jader manteve a empresa em nome das Organizações Lucena e as cotas restantes registrou em nome de Pólis Construções, empresa que havia sido usada para pagar parte dos valores devidos pela aquisição da fazenda IRUSA”.
 
Sendo assim, o juiz substituto da 11ª Vara Federal da Seção Judiciária de Goiás, Rafael Ângelo Slomp, deferiu o pleito do MP para que houvesse busca e apreensão na sede da empresa Noroeste Imóveis e também na Imobiliária Água Boa, que é a responsável pelas vendas dos lotes.  O intuito, seria localizar e apreender documentos e outras provas relativas ao loteamento Jardim Noroeste e também aos acusados.
 
Além disto, o juiz ainda determinou o sequestro de duas aeronaves. A primeira é um King Air, prefixo PT-WFN, ainda em nome de Bradesco Leasing S/A, com valor de R$ 2 milhões e a segunda é um Neiva Seneca III, prefixo PT-VOV, em nome de Agropecuária Vale do Paraíso 5, avaliada em R$ 400 mil.
 
Operação
 
Na manhã desta quinta-feira, 25 de maio, foi deflagrada, pelo Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) e pela Superintendência de Polícia Federal em Goiás (PF/GO), operação conjunta para cumprimento de 2 mandados de prisão preventiva, 7 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de condução coercitiva em Goiás e Mato Grosso.
 
A operação é um desdobramento das investigações da Operação Lava Jato e nova etapa das Operações O Recebedor e Tabela Periódica, baseia-se em acordos de colaboração premiada assinados com o MPF/GO pelos executivos das construtoras Camargo Corrêa e da Andrade Gutierrez, que confessaram o pagamento de propina ao então presidente da VALEC, José Francisco das Neves, o Juquinha, bem como em investigações da Polícia Federal em Goiás, que levaram à identificação e à localização de parte do patrimônio ilícito mantido oculto em nome de terceiros (laranjas).
 
Um dos principais objetivos da operação é o sequestro e apreensão de bens que estão sendo mantidos em nome de terceiros como forma de ocultar sua real propriedade e a origem dos recursos usados para a sua aquisição e que, segundo apurado, pertenceriam de fato a Juquinha e seu filho Jader.
 
Estima-se que com esses bens tenham sido lavados pelo menos R$ 4,4 milhões provenientes de propina, em valores de 2012. Entretanto, somente após a avaliação desse patrimônio é que se chegará ao seu valor real.
 
O nome da operação, 'De Volta aos Trilhos', remete a uma expressão popularmente usada que significa o retorno das coisas ao seu devido lugar, à normalidade. O nome é uma alusão a um dos seus principais objetivos, que é o de trazer de volta parte dos recursos desviados da ferrovia Norte-Sul em forma de propina.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet