Olhar Jurídico

Terça-feira, 02 de junho de 2020

Notícias / Geral

Dentistas somente poderão usar botox em pacientes para tratamento terapêutico

Da Redação - Fabiana Mendes

22 Dez 2017 - 09:00

Foto: Divulgação

Dentistas somente poderão usar botox em pacientes para tratamento terapêutico
Cirurgiões dentistas de Mato Grosso estão temporariamente proibidos de aplicar a toxina botulínica (Botox) e preenchedores faciais para fins estéticos. A decisão tomada pela Justiça Federal na última quinta-feira (15) suspendeu provisoriamente a resolução 176/2016 do Conselho Federal de Odontologia (CFO). Em nota, o CFO disse que vai respeitar a decisão, no entanto, buscará recursos legais para revertê-la.

Leia Mais: 
Ministério Público investiga assiduidade de médicos terceirizados no PS de Cuiabá

A decisão foi expedida pela juíza Moniky Mayara Costa Fonseca, da 5ª Vara da Justiça Federal do Rio Grande do Norte e tem efeito imediato.

Segundo o CFO, determinadas entidades médicas não concordam com a autorização prevista na resolução e por isso entraram com ações perante a Justiça Federal da Seção Judiciária no Distrito Federal. Entretanto, lá a ação foi extinta sem resolução de mérito.
 
O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) se posicionou sobre o caso e orientou aos cirurgões-dentistas mato-grossenses que cumpram a decisão judicial.

Veja nota na integra:

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) informa que diante da decisão liminar da Justiça Federal da Seção Judiciária de Natal (RN) em suspender a Resolução CFO nº 176/2016 (uso de toxina botulínica e preenchedores faciais) e da Nota de Esclarecimento emitida pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), a autarquia orienta aos cirurgões-dentistas mato-grossenses que cumpram a decisão judicial.

O CRO-MT adianta que está acompanhando as ações tomadas pelo CFO (medidas judiciais), a fim de que os cirurgiões-dentistas possam exercer suas prerrogativas profissionais com base na norma em discussão.
 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Desdentado
    22 Dez 2017 às 19:29

    Concordontotalmemte ! Dentistas devem se contentar com a faculdade que fizeram e fazer bem feito o que deviam saber fazer , e não inventar moda naquilo que não foram preparados para fazer .

  • Jeane
    22 Dez 2017 às 13:21

    Decisão acertada. Quer ser médico, faça medicina.

  • Sandro Stefanini
    22 Dez 2017 às 12:48

    Boa tarde Fabiana, falta ressaltar nessa reportagem que APENAS uma resolução foi suspensa. As anteriores continuam a valer e permitem SIM o uso de toxina e preenchedores pelos cirurgiões dentistas.

Sitevip Internet