Olhar Jurídico

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Notícias | Criminal

DECISÃO

Juíza recebe apelação de Alan Malouf após condenação a 11 anos

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Juíza recebe apelação de Alan Malouf após condenação a 11 anos
A magistrada Selma Rosane Arruda, da Sétima Vara Criminal, recebeu no dia 1 de fevereiro as apelações em processo criminal do empresário Alan Ayoub Malouf e do engenheiro eletricista Edézio Ferreira da Silva.
 
Leia mais:

Tribunal mantém tornozeleira instalada em Alan Malouf


Os nomes foram condenados por organização criminosa e corrupção passiva em processo proveniente da terceira fase da Operação Rêmora, denominada “Grão Vizir”.
 
Alan foi condenado a 11 anos e 1 mês de prisão, enquanto Silva recebeu  pena de 3 anos e 6 meses de reclusão. Ainda buscando por inocência, os processos serão repassados ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso.
 
O processo foi montado após depoimentos do empresário Giovani Guizardi, alvo da 1ª fase da Rêmora.
 
Em depoimento aos agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado), o colaborador revelou que o esquema tinha como objetivo principal “ressarcir” Malouf em R$ 10 milhões aplicados na campanha do governador Pedro Taques (PSDB), em 2014. 

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), deflagrou a Operação Rêmora com o objetivo de exterminar uma organização criminosa que cobrava propinas relativas em contratos firmados pela Secretaria de Estado de Educação. 
 
O MPE salienta que 23 licitações orçadas em mais de R$ 56 milhões lançadas pela Seduc sofreram influência do grupo criminoso.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet