Olhar Jurídico

Segunda-feira, 24 de junho de 2019

Notícias / Criminal

Sinfra pede provas ao Supremo para responsabilizar empresa delatada com Bezerra

Da Redação - Arthur Santos da Silva

14 Mai 2019 - 09:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Sinfra pede provas ao Supremo para responsabilizar empresa delatada com Bezerra
A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra-MT) pediu ao ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), o compartilhamento de provas colhidas em consequência da Operação Ararath.
 
Leia também 
Delações de Silval, Nadaf e mais cinco devem ficar no STF por envolvimento de Bezerra


O objetivo é instruir processo administrativo de responsabilização contra a EBC – Empresa Brasileira de Construções Ltda. Conforme informações preliminares, a pessoa jurídica participou de um esquema nas obras de recapeamento da MT-060.
 
A empresa teria, em tese, entre os anos de 2013 e 2014, se beneficiado indevidamente de contrato com preço acima do praticado em mercado. Ainda, o obtido vantagens e benefícios econômicos indevidos mediante fraude. Por fim, superfaturado serviços prestados para pagar propina a agentes políticos.
 
Já está juntado aos autos do processo administrativo trechos públicos da delação premiada do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa. Conforme a delação, um dos beneficiados pelos crimes na obra de recapeamento foi o atual deputado federal Carlos Bezerra (MDB).
 
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, já se manifestou pelo compartilhamento de informações.

Segundo Dodge, apenas informações sigilosas contidas em mais delações premiadas (além da firmada por Silval) não poderão ser compartilhadas.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Patropi
    15 Mai 2019 às 10:01

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • CHIRRÃO
    14 Mai 2019 às 10:15

    SEU DIA TÁ CHEGANDO!!!

Sitevip Internet