Olhar Jurídico

Quarta-feira, 01 de abril de 2020

Notícias / Criminal

Deputado Nininho se livra de depoimento em ação da Arca de Noé contra Arcanjo

Da Redação - Arthur Santos da Silva

26 Fev 2020 - 10:16

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Deputado Nininho se livra de depoimento em ação da Arca de Noé contra Arcanjo
A juíza Ana Cristina, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, acatou substituição de testemunha de defesa em ação da Operação Arca de Noé contra o ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro. O deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho, não será mais ouvido.
 
Leia também 
'Isso não é vida', diz procuradora sobre vítimas de agressão que carregam botão do pânico


Conforme informado pela magistrada em estágio anterior da instrução processual, Nininho evitou responder em qual dia poderia comparecer. A indicação é prerrogativa em consequência da função de deputado. Ana Cristina chegou a advertir o parlamentar.

As ações da Arca de Noé estavam paradas aguardando extensão de extradição autorizadas em 2018 após decisão da a Suprema Corte de Justiça Uruguai. Os casos versam sobre associação criminosa e peculato.

A operação foi deflagrada em 2002 pela Polícia Federal e desmantelou sistema financeiro à margem do oficial liderado por Arcanjo. O objetivo era, segundo o Ministério Público, desviar dinheiro por meio de empresas fantasmas e depois lavar as quantias nas factorings do bicheiro.
 
Os ex-deputados José Riva e Humberto Bosaipo são apontados como parte do esquema que desviou milhões da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.
 
Pessoa identificada como Edmilson Paulista Martins será ouvida no lugar de Nininho.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • zumbi
    26 Fev 2020 às 10:58

    Ele como os demais deputados sambam na cara da nossa justiça . Na justiça tem muita gente séria mas em sua maioria é composta de pessoas que tem intima ligação com esses políticos os que os tornam suspeitos e parciais e até em alguns casos cúmplices ...infelizmente isso trava os serviços das poucas pessoas sérias que restaram no nosso judiciário...hoje o cenário atual é um judiciario que trabalha em parceria de irmandade com o executivo , mas não porque estão em prol da sociedade e sim pratica a política do toma la da cá..muitos ali só pensam em não correrem risco de perderem as mamatas travestidos de altos salários e infinitos auxílio e regalias ...e o povo ? esse que se lasque e quando bater a porta desse judiciário provavelmente se conseguir entrar vai passar hora , dias , anos , séculos aguardando na sala de espera. Ou o povo reflita e assuma o protagonismo e parem com essa besteira de direita , esquerda , centro , e colocamos essas meia dúzia de rapinas no seu devido lugar ou vamos continuar sendo os GADOS dele com a gravidade que por nossa conta nossos filhos hoje BEZERROS , vão crescer e tomar nossos lugares de GADOS.

Sitevip Internet