Olhar Jurídico

Quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Notícias / Criminal

MP se manifesta contra HC que liberou adolescente acusada de matar amiga no Alphaville

Da Redação - Arthur Santos da Silva

06 Nov 2020 - 11:58

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

MP se manifesta contra HC que liberou adolescente acusada de matar amiga no Alphaville
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) emitiu parecer para que seja negado o mérito de habeas corpus protocolizado pela adolescente de 14 anos acusada de matar a amiga de mesma idade, Isabele Guimarães Ramos, no dia 12 de julho, no condomínio Alphaville, em Cuiabá. Quando julgado de forma monocrática, o desembargador Rui Ramos concedeu liminar para determinar a revogação da internação imposta. Caberá ao colegiado da Terceira Câmara Criminal.

Leia também 
Justiça concede Habeas Corpus a adolescente acusada de matar amiga no Alphaville

 
Manifestação é datada de quinta-feira (5). O conteúdo é sigiloso. A jovem, que havia sido internada após decisão judicial, ganhou liberdade em decisão do desembargador Rui Ramos Ribeiro.
 
Segundo o magistrado, a adolescente tem se apresentado espontaneamente a todos os atos do processo. Inclusive compareceu à delegacia após a decretação da internação. Rui Ramos fez referência ainda à possibilidade de aplicação de medidas cautelares em substituição à internação.
 
O caso


No caso, a adolescente responsável pelo disparo que matou Isabele Guimarães Ramos no condomínio Alphaville responde por ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso.

A Polícia indiciou ainda o empresário Marcelo Cestari, pai da jovem atiradora, pelos crimes de posse de arma de fogo, homicídio culposo (sem intenção de matar), por entregar a arma para adolescente e por fraude processual. Marcelo Cestari será julgado em outro processo.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet