Olhar Jurídico

Sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Notícias | Geral

distanciamento

Desembargadora suspende retorno em cinco comarcas diante do agravamento da pandemia

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Desembargadora suspende retorno em cinco comarcas diante do agravamento da pandemia
Diante do agravamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19),a presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Maria Helena G, Póvoas, suspendeu a aplicação da Portaria-Conjunta no 322, de 12 de março de 2021, que determinava o início da primeira etapa do Plano de Retorno Programado às Atividades Presenciais (PRPAP) nas comarcas de Poconé, Colíder, Lucas do Rio Verde, Tangará  da Serra e Campo Verde, em decorrência do agravamento da pandemia da Covid-19.
 
Leia também:
Sindicato pede suspensão de decreto que cancela atendimentos médicos em Cuiabá
 
Mesmo com a suspensão da retomada do Plano de Retorno magistrados e servidores continuam em teletrabalho. De acordo com a portaria n.328, de 14 de março de 2021, as comarcas relacionadas na Portaria-Conjunta no 322/2021 deverão observar as regras prescritas nas Portarias-Conjuntas no 258/2021 e 269/2021. Já as situações e casos omissos decorrentes da aplicação destas portarias serão resolvidas pela presidente do Tribunal de Justiça.
 
A medida de suspensão da Portaria-Conjunta no 322, de 12 de março  de 2021, se deu em decorrência da notícia de colapso no sistema de saúde, informando que mais de 100 pessoas infectadas pela Covid-19, em estado grave, aguardam leito em Unidade de Terapia Intensiva em Mato Grosso, o que foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde.
 
A portaria n.328 entrou em vigor no último domingo, dia 14 de março de 2021, data de sua publicação.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet