Olhar Jurídico

Domingo, 23 de janeiro de 2022

Notícias | Administrativo

De volta ao Judiciário

Maria Helena qualifica criação de nove vagas no TJ como erro coletivo: 'na minha gestão, não serão chamados'

03 Nov 2021 - 16:35

Da Redação - Arthur Santos da Silva/ Max Aguiar

Foto: Michel Alvim - SECOM/MT

Maria Helena qualifica criação de nove vagas no TJ como erro coletivo: 'na minha gestão, não serão chamados'
De volta à presidência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) após ocupar interinamente a chefia do Executivo Estadual, Maria Helena Póvoas descartou a possibilidade de iniciar processo para escolha de 10 novos desembargadores. Segundo ela, a aprovação de nove novas vagas “foi um erro coletivo”. Também resta em aberto uma cadeira, após aposentadoria de Alberto Ferreira de Souza, em 2020.

Leia também 
Maria Helena Póvoas planeja chamar 25 novos juízes; falta de prova oral atrasa conclusão

 
“Na minha gestão, não serão chamados. Entendo que o momento é absolutamente inoportuno. Primeiro que o TJMT foi considerado pelo CNJ como um dos mais céleres e produtivos do país. Isso equivale dizer que o Tribunal tem número suficiente de desembargadores para trabalhar. Não há necessidade de mais 10. Nós carreamos esse recurso para contratar os juízes que passaram no último concurso. Temos nove vagas, mas vamos chamar 26”.
 
O Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso aprovou em 2020 a abertura de nove novas vagas. Projeto foi de autoria do então presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha. Os desembargadores avaliaram que a criação de cargos e a instalação dos novos gabinetes está de acordo com a disponibilidade orçamentária.
 
Segundo Maria Helena, porém, o ato não deveria ter sido aprovado. “Na verdade foi um erro coletivo. Não foi só meu e não é uma crítica dirigida a absolutamente ninguém. Até mesmo eu votei, na época, para aumentar as vagas. Depois, fazendo uma reflexão maior, todos nós chegamos à conclusão que o momento era inoportuno”.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet