Olhar Jurídico

Domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias | Civil

Posto e transportadora

Grupo Rodeio ingressa com pedido de recuperação judicial por dívidas que somam R$ 24,8 milhões

Foto: Reprodução

Grupo Rodeio ingressa com pedido de recuperação judicial por dívidas que somam R$ 24,8 milhões
O grupo Rodeio ingressou com pedido de recuperação judicial por dívidas no valor de R$ 24,8 milhões. Os débitos foram acumulados no decorrer de anos e a maioria por conta de empréstimos buscando se reestabelecer no mercado sem paralisar as atividades.  

Leia também 
Bloqueio contra ex-secretário estadual de Saúde é reduzido a R$ 356 mil


Atualmente, o grupo é composto pelo produtor rural Ricardo José Soares, pelo Posto Rodeio e pela Transportadora Rodeio, os quais, em conjunto, empregam 33 colaboradores fixos. Além disso, realiza a contratação de cerca de 10 colaboradores temporários, durante períodos de maior movimento e para serviços esporádicos nas empresas. 

Segundo argumentado, crise financeira do grupo se agravou com a pandemia, mas antes disso já vinha enfrentando uma série de dificuldades por conta da greve dos caminhoneiros em 2018, bem como a chegada de fortes concorrentes no setor de combustíveis ainda no ano de 2015. 

O Posto Rodeio é primeiro empreendimento do grupo que iniciou as atividades em 2006, sendo que, em meados de 2015, três grandes redes de combustíveis se tornaram fortes concorrentes. Para se manter no mercado com preço melhor e baratear o custo do produtor, o empresário decidiu em 2017 abrir a Transportadora Rodeio, com frota própria.

Entretanto, mesmo com a diminuição do custo de logística e renda extra com fretes feitos a terceiros, a concorrência manteve investimento alto, conseguindo negociar em grande escala a aquisição dos produtos comercializados.

A situação ficou tão crítica que em 2019, o empresário vendeu duas fazendas para quitar parte das dívidas e adquiriu uma outra propriedade. No entanto, a crise no transporte de cargas no Brasil, juntamente com as altas consecutivas nos preços dos combustíveis afetou diretamente a atividade da transportadora e do posto. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet