Olhar Jurídico

Terça-feira, 23 de abril de 2024

Notícias | Administrativo

Lídio Modesto

Desembargador cobra aprofundamento do Legislativo contra novas modalidades de crime

Foto: Olhar Direto

Desembargador cobra aprofundamento do Legislativo contra novas modalidades de crime
Lídio Modesto da Silva Filho, empossado como novo desembargador do Tribunal de Justiça na última quarta-feira (21), cobrou mais rigidez nas leis por parte do Legislativo, sobretudo em relação aos inúmeros crimes que surgiram nos últimos anos, mas que ainda não foram tipificados.

Leia mais
Tribunal de Justiça dá posse aos novos desembargadores; conheça os escolhidos

 
“Entendo que a sociedade evolui e a legislação não acompanha a evolução social, tanto que temos crimes tecnológicos que ainda não constam no nosso código criminal, mas não somente nessas áreas, no que diz respeito à execução penal que deve ser melhor observada pelo Congresso Nacional, mas também crimes modernos que estão acontecendo no Brasil e prejudicando a sociedade de modo geral”, salientou.  

Nesta quarta, ele tomou posse como desembargador junto com outros sete magistrados, sendo quatro juízes por merecimento, dois por antiguidade, um oriundo do Ministério Público de Mato Grosso e outro dos quadros da advocacia mato-grossense, pelo Quinto Constitucional.

Lídio foi alocado, junto com o também empossado Helio Nishiyama, à responsabilidade de julgar os casos da 4ª Câmara Criminal, presidida pelo desembargador Pedro Sakamoto. Designado para julgar casos penais, ele cobrou pensamento mais aprofundado do legislativo para incrementar o código, para que sejam tipificadas as modalidades que a legislação ainda não abrange.

“Deve ter um pensamento mais aprofundado por parte do Legislativo para que tenhamos um novo incremento no Código Penal para que possa ser observada novas modalidades de crime que a legislação ainda não observa”, opinou Modesto em entrevista à imprensa.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet