Olhar Jurídico

Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Notícias / Empresarial

Sigma Agropecuária deve apresentar plano de recuperação judicial de R$ 138 milhões

Da Redação - Flávia Borges

02 Fev 2015 - 11:09

Foto: Divulgação

Sigma Agropecuária deve apresentar plano de recuperação judicial de R$ 138 milhões
A empresa Sigma Agropecuária, sediada em Cuiabá e que trabalha com a comercialização de grãos, obteve do juiz da 1ª Vara Cível de Cuiabá, Flávio Miraglia Fernandes autorização para recuperação judicial. O plano de recuperação judicial na ordem de R$ 138 milhões deverá ser apresentado em 60 dias.

Leia mais
Em 60 dias, Ariel deve mostrar plano de recuperação judicial; Trescinco tem decisão adiada

Conforme a empresa, por conta da crise na agricultura brasileira que começou em 2004 e se estendeu para o ano de 2005, seus rendimentos foram afetados de forma negativa.

Além disso, o caos logístico também teria influenciado na crise econômica, pois a única logística para os grãos de soja e milho era exportação para Paranaguá/PR ou para Santos/SP, e a região norte de Mato Grosso fica muito distante dos portos, consequentemente os preços de frete eram altíssimos à época da crise e oneravam demais e os preços finais de venda de grãos, que eram os mais baratos do Brasil, devido a essa enorme distância dos pontos de escoamento.

Por conta disso, produtos como soja, milho e arroz eram os mais baratos e desvalorizados no Brasil, enquanto os insumos e combustíveis eram os mais caros, pelo alto custo do frete. As margens de lucros negativas dos agricultores levaram a uma inadimplência generalizada, atingindo uma empresa recém fundada como a Sigma.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet