Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

CACHOEIRA

Requerimentos envolvendo Silval e Pagot continuam na lista da CPMI

Foto: Reprodução

Requerimentos envolvendo Silval e Pagot continuam na lista da CPMI
A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira, instalada no Congresso Nacional, retoma nesta semana as atividades, após a suspensão das reuniões em setembro. Atualmente, 504 requerimentos dependem de apreciação pelos membros da comissão, que tem uma reunião administrativa marcada para esta quarta-feira (10).

O pedido para convocação do governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), continua na lista. Trata-se do requerimento 490/ 12, apresentado pelo deputado Filipe Pereira (PSC-RJ). O parlamentar argumentou que o governo mato-grossense mantém contratos com a empresa Delta, ligada ao contraventor Carlos Cachoeira, e mencionou escutas da Polícia Federal em que Cachoeira demonstrava interesse em assumir a loteria estadual.

Há ainda requerimentos envolvendo o ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot. Ele já prestou depoimento à CPMI em 28 de agosto.

No entanto, há pedidos para quebra de sigilos bancário, fiscal e telefônico de Pagot e para a realização de acareações entre Pagot e Cachoeira e entre Pagot e Fernando Cavendish (presidente licenciado da Delta Construções). Os requerimentos se basearam em declarações de Pagot sobre obtenção de recursos junto a empreteiras para campanha eleitoral e em pagamentos efetuados pelo Dnit à Delta.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet