Olhar Direto

Terça-feira, 27 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Vídeos de deputados e prefeitos recebendo propina são nojentos, dispara Taques

Da Redação - Wesley Santiago

01 Set 2017 - 09:26

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Vídeos de deputados e prefeitos recebendo propina são nojentos, dispara Taques
“São nojentos”. Desta forma que o governador Pedro Taques (PSDB) classificou os vídeos em que deputados e prefeitos aparecem recebendo maços de dinheiro, que seria propina para que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) mantivesse a governabilidade durante a sua gestão. “Isso mostra a degradação da política. mostra que algumas coisas precisam ser mudadas”, ressaltou em entrevista ao Estadão.

Leia mais:
Veja a lista completa de deputados que receberam ‘mensalinho’ de Silval Barbosa
 
“Nojentos os vídeos dos deputados, do prefeito (Emanuel Pinheiro, de Cuiabá), absolutamente nojento. Isso mostra a degradação da política. mostra que algumas coisas precisam ser mudadas. Não tem explicação para o vídeo”, disse o governador, que foi até redação do jornal em São Paulo (SP).
 
Porém, Taques ressaltou que todos têm o direito ao contraditório: “Não sei se vocês se recordam, eu apanhei em uma situação, eu fui o relator do caso do Demostenes Torres na CCJ e no Plenário. Quando um deputado foi pra cima do Demostenes humilhando-o, eu fiz a defesa do Demóstenes. Porque o cara tem direito ao contraditório”.
 
O governador lembra ainda que pediu a condenação de Demóstenes e conseguiu. Por fim, ainda lembrou que “o vídeo é arrasador do ponto de vista político. Na política, não tem presunção de inocência. Presunção tem em processo penal”.
 
A delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), que teve o sigilo retirado nesta sexta-feira (25), pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, traz a lista com os deputados estaduais e federais que receberam pagamento de ‘mensalinho’ para que o peemedebista mantivesse a governabilidade.
 
As revelações trazidas pelo Jornal Nacional nesta quinta-feira (24) são apenas a ponta do iceberg. Isto porque a delação do ex-governador do Estado Silval da Cunha Barbosa firmada junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) por intermédio da Procuradoria-Geral da República contém 94 depoimentos. Outros três parentes do ex-governador firmaram acordos semelhantes, prestando 49 depoimentos para robustecer as confissões/denúncias. Junta, a família Barbosa devolverá mais de R$ 76 milhões aos cofres públicos.
 
Confira abaixo a lista de deputados que, segundo o ex-governador, receberam mensalinho:
 
- Deputado Estadual Baiano Filho
- Deputado Estadual José Domingos Fraga
- Deputado Federal Ezequiel Fonseca presidente estadual do PP
- Ex-Deputado Estadual Hermínio J. Barreto
- Ex-Deputado Estadual Luiz Marinho Botelho
- Ex-Deputado Estadual e atual Prefeito Municipal de Cuiabá/MT, Emanuel
Pinheiro
- Ex-Deputada Estadual e atual Prefeita Municipal de Juara/MT, Luciane
Bezerra
- Ex-Deputado Estadual Alexandre Cezar
- Ex-Deputado Estadual Antônio Azambuja
- Ex-Deputado Estadual Airton Rondina e Vanice Marques

Comentários no Facebook

Sitevip Internet