Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

FORA DO PSB

Valtenir Pereira afirma que Kardec é rejeitado por 18 pré-candidatos do PSB

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Valtenir Pereira afirmou que a decisão de vetar a filiação de quem tem mandato partiu dos pré-candidatos a deputado estadual

Valtenir Pereira afirmou que a decisão de vetar a filiação de quem tem mandato partiu dos pré-candidatos a deputado estadual

A rejeição à filiação do deputado estadual Allan Kardec (ex-PT) partiu de 18 pré-candidatos do PSB à Assembleia Legislativa de Mato Grosso e não da Executiva Regional. A explicação partiu do presidente da Comissão Provisória do PSB, deputado federal Valtenir Pereira, ao explicar que qualquer com mandato seria reprovado pelos pré-candidatos da legenda socialista.
 
Valtenir Pereira avalia que por conta de sua larga experiência na vida pública, Allan Kardec irá compreender a situação. “A situação é muita clara. O PSB possui 18 pré-candidatos a deputado estadual e todos foram consultados sobre a filiação. Eles decidiram que não vão aceitar ninguém que tenha mandato disputando nessa chapa. Não é a questão do Allan! Poderia ser Zeca, Antônio, José ou João”, argumentou Valtenir, após participar de evento da agricultura familiar, na Ceasa, em Várzea Grande.
 
Leia Mais:
- “Gratidão não tem prazo de validade e diálogo é saudável”, desabafa Leitão sobre conversa com DEM

- PSB cita passado nada recomendável de futricas e rejeita filiação de Allan Kardec

- Cidinho avisa que não é candidato e abre quatro meses para Rodrigues Palma no Senado

A Comissão Provisória do PSB consultou todos os postulantes a uma cadeira no plenário das deliberações do Edifício Dante Martins de Oliveira. E ninguém aceitou Kardec. “Os pré-candidatos não o aceitam na chapa. O pacto firmado com esses pré-candidatos é esse! Nós optamos por ficar com os 18 pré-candidatos. Nós preferimos ficar com os 18 que não têm mandato. Senão, vai ficar somente um candidato na chapa e os outros vão desistir”, justificou Valtenir, para reportagem do Olhar Direto.
 
Após receber o aval da Executiva Nacional do PSB, Allan Kardec se faz de desentendido e avisa que irá conversar com a Comissão Provisória e os pré-candidatos. “A gente vai para o diálogo. A gente reconhece o diretório estadual. Mas o seu presidente, em saindo, eu acredito que o diretório vai precisar ser revisto”, avaliou ele.
 
Kardec deixou o PT e era aguardado no PV, quando anunciou sua ida para o PSB, numa costura com o Diretório Nacional. “O PSB é um partido nacional. O partido que tem disputa nacional não pode deixar aqui um político... voltando para um partido de direita e de centro direita; não pode manter o controle de um partido como o PSB”, cutucou ele, numa referência a Valtenir Pereira, que estaria de malas prontas para retornar ao PMDB.
 
“A idéia é que a gente, conseguindo êxito na filiação ao PSB, vai buscar o diálogo com toda a base”, emendou Allan Kardec.
 
Ao saber que sua saída é considerada ‘fato consumado’, Valtenir não contou sequer até nove. “Eu não saio do PSB! Eu sigo no PSB”, complementou Valtenir Pereira, para a reportagem do Olhar Direto.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet