Olhar Direto

Domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

Definição

Mendes oficializa candidatura este mês e diz que após isso "só Deus" o tira da disputa

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Mendes oficializa candidatura este mês e diz que após isso
O empresário e ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) estendeu mais uma vez o prazo do lançamento de sua pré-candidatura e garantiu desta vez que o anúncio será feito neste mês. De acordo com ele, após assumir a condição de candidato, "só Deus ou o próprio DEM" podem tirá-lo da disputa. 

Leia mais
Jayme Campos afirma que não é inimigo de Taques e o recebeu em Várzea Grande “como anfitrião”


O democrata também disse ter simpatia pelo nome de Otaviano Pivetta (PDT) como vice em sua chapa como ocorreu em 2010. Mendes, desde que se filiou ao Democratas em um grande ato ocorrido no mês de março, vem sendo cotado como o grande nome do partido para a disputa à cadeira do Palácio Paiaguás, em oposição ao governador Pedro Taques (PSDB). No entanto, o empresário até o momento não se posicionou como pré-candidato, chegando a dizer que iria se decidir até o mês de maio.

O martelo não foi batido, mesmo com a declaração de vários correligionários de peso, como o ex-governador Julio Campos e o ex-governador Jayme Campos já dando como certo a sua candidatura.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, na manhã desta quinta-feira (21), o empresário pela primeira vez afirmou ter o desejo de governar o estado e garantiu que vai oficializar sua decisão até o dia 30 de junho, para assim seguir até as convenções partidárias.

“Nós estamos há quase dois meses ainda das convenções e elas vão até 5 de agosto. Estamos ainda no mês de junho, há praticamente há 45 dias das convenções. Eu já disse claramente para as pessoas que tenho vontade, gostaria de ser [governador], mas não depende só de mim. Preciso da ajuda do Fábio Garcia, do Julio Campos, do Jayme, de outros partidos que estamos conversando e de outras pessoas que querem me ajudar. Não vai terminar este mês sem esta decisão. Ainda no mês de junho nós teremos uma definição na construção desta pré-candidatura”, afirmou o ex-prefeito.

“A partir do momento que eu disser ‘sou pré-candidato’, aí esquece, só Deus me tira ou só o partido, se me negar a legenda nas convenções, mas isto eu acredito que jamais que aconteceria”, destacou.

Escolha de vice

Questionado sobre o projeto de ter o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta como seu vice, repetindo a parceria feita nas eleições de 2010, Mendes disse ser simpático a ideia, porém ponderou que as escolhas e composições não dependem apenas dele e que tudo será decidido com os partidos aliados nas convenções.

“Eu tive a honra de ser candidato a governo em 2010 junto com ele, como nosso vice, andamos por Mato Grosso, não ganhamos as eleições, e aí Mato Grosso conhece o que aconteceu com quem ganhou. Então nós estamos construindo, e isto vai ser um diálogo feito com os partidos, porque a escolha e a composição não dependem só do Mauro Mendes”, concluiu.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x