Olhar Direto

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

No ninho tucano

Selma nega constrangimento em apoiar Taques após mandar prender ex-secretário tucano

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Selma nega constrangimento em apoiar Taques após mandar prender ex-secretário tucano
Lançada pré-candidata ao Senado na chapa do governador Pedro Taques (PSDB), a juíza aposentada Selma Arruda (PSL) disse não ter nenhum constrangimento por ter sido responsável por julgar, na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, enquanto magistrada, um caso de corrupção no atual governo, que terminou com a prisão do ex-secretário de Educação do Estado, Permínio Pinto.

Leia mais
Taques lança pré-candidatura, prega união e diz que adversários “fazem o diabo” para ganhar eleição


De acordo com Selma Arruda, o governador Pedro Taques mostrou transparência durante o caso e não tentou abafar a corrupção que houve dentro de sua gestão, fatos estes que a deixaram confortável com a coligação.

“Não me sinto nem um pouco constrangida de pertencer hoje a uma coligação que abriga um partido que teve um caso de corrupção instruído na minha Vara. Eu teria algum constrangimento se isso fosse colocado debaixo dos panos, se tivesse tido alguma ingerência por parte do governador ou por alguém desta coligação para que a justiça não fosse feita”, explicou a magistrada aposentada.

“O que aconteceu foi contrário. Eu tive, enquanto magistrada, foi uma demonstração enorme de transparência do governo Pedro Taques e interesse para que aquilo fosse efetivamente esclarecido. Isso me faz ter esta confiança e o conforto de estar aqui”, analisou.

O caso de corrupção em questão se trata da operação ‘Rêmora’, com envolvimento de servidores públicos, empresários que venceram licitações para construções de escolas, deputados e até o secretário titular da pasta, que acabou sendo detido.

O lançamento da pré-candidatura da juíza aposentada aconteceu na tarde de terça-feira (24), junto com a oficialização da pré-candidatura a reeleição do governador Pedro Taques e da pré-candidatura, também para o Senado, do deputado federal Nilson Leitão.

O governador garantiu que até o próximo dia 5, data limite das convenções, irá anunciar o nome do candidato a vice de sua chapa.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet