Olhar Direto

Sábado, 15 de maio de 2021

Notícias | Política MT

No Sul do Estado

Parceria iniciada por emenda de Sachetti assegura Centro de Diagnóstico de Hospital do Câncer

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Parceria iniciada por emenda de Sachetti assegura Centro de Diagnóstico de Hospital do Câncer
A cidade de Rondonópolis, a partir do mês de fevereiro de 2019, irá receber o Centro de Diagnóstico de Câncer com a mesma tecnologia do Hospital de Barretos (SP), para atender 19 municípios da região Sul de Mato Grosso. Um caminhão do Consórcio de Saúde Regional Sul também vai receber equipamentos para exames oncológicos preventivos, com a mesma tecnologia do Hospital de Câncer de Barretos (Fundação Pio XII).

Leia também
Galli condena postura de Selma e diz que rompimento com Taques foi arbitrário e prejudicial a todos


Além disso, a Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis vai montar um Centro de Radiologia para que os enfermos da região Sul de Mato Grosso não precisem se deslocar até Cuiabá, tampouco para Barretos (SP) ou outro Estado, para fazer o tratamento com radioterapia.

A parceria iniciou com emendas do deputado federal Adilton Sachetti (PRB), candidato ao Senado pela coligação ‘A Força da União’, destinadas para hospitais filantrópicos que tratam de carcinoma antigen, C.A (marcador tumoral que se mede no sangue podendo estar presente em alguns tipos de câncer), inclusive em outros estados.

“Enviei emendas para instituições em que pessoas de Mato Grosso tenham oportunidade de tratamento. Não foi emenda para show ou festa, mas para investir em saúde. Quando há necessidade, os hospitais recebem todos, não olham quem é, nem condição social. Tratam a pessoa com dignidade”, argumentou Sachetti.

Passada a dúvida levantada por alguns, para o deputado, o fato de destinar emendas para hospitais filantrópicos foi muito bem esclarecido. “Entendo que as minhas emendas colocadas em hospitais filantrópicos que tratam câncer contribuíram para a melhoria no atendimento”, ponderou ele, citando o Hospital Geral Universitário (HGU), o Hospital de Câncer de Mato Grosso, a Santa Casa de Cuiabá, e o Hospital São Luiz, de Cáceres.

O candidato a senador elogiou o avanço com a implantação de novos Centros de Radioterapia em Sinop e Rondonópolis. “Em Sinop está sendo implantado um Centro de Radiologia, no Hospital Santo Antônio. E, na Santa Casa de Rondonópolis, também vão montar o Centro de Radiologia do Sul de Mato Grosso, para tratar os pacientes de câncer”, enfatizou o parlamentar.

“O Centro de Diagnóstico e Prevenção do Câncer será operacionalizado pelo Consórcio da Saúde do Sul de Mato Grosso, para atender em 19 municípios, com a mesma tecnologia do Hospital de Câncer de Barretos. Em Rondonópolis, vai funcionar no prédio do antigo SINE. E uma carreta vai circular nos 19 municípios, com exames de colo de útero, de próstata e de Raio X, entre outros”, explicou o candidato a deputado estadual Valdir Correa (Solidariedade), ao lado de Sachetti.
 
Valdir Correa se tratou no Hospital de Câncer de Barros, assim como o senador José Antônio Medeiros (Podemos). Ambos estão curados.

“Sim, a cura existe. Mas eu sei a angústia que é para uma família ter um ente querido com câncer. É a doença que mutila, que traumatiza e que mata”, sintetizou Sachetti, que perdeu a sua esposa Rose Sachetti, no ano passado, vítima de leucemia (câncer no sangue). Parte do tratamento de dona Rose foi realizado em hospital privado de São Paulo.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet