Olhar Direto

Sexta-feira, 23 de julho de 2021

Notícias | Política MT

Senado

Com mais de R$ 1 milhão de despesas, Jayme já gastou mais que Bolsonaro em campanha

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Com mais de R$ 1 milhão de despesas, Jayme já gastou mais que Bolsonaro em campanha
Líder nas intenções de votos em todas pesquisas divulgadas até então, o ex-senador Jayme Campos (DEM), com R$ 1.035.886,82, tem a campanha mais cara entre os candidatos ao Senado no Estado até o momento. As suas despesas, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE),  superam a do candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL).

Leia também
“Não tenho poder de adivinhar”, justifica Taques sobre confiança em secretários envolvidos em escândalos


O levantamento foi feito pelo TSE na última sexta-feira (7). Além de Bolsonaro, que até o momento só gastou R$ 825 mil, o candidato mato-grossense também em despesa o também candidato a presidência da República, João Amoedo (Novo), que gastou R$ 172,6 mil até então.

Entre os principais gastos em sua campanha, o candidato gastou com serviços de produção de vídeos, consultorias, serviços gráficos, serviços de comunicação e aluguel de carros.

Do total arrecadado para sua campanha, Jayme Campos doou para si próprio R$ 632,3 mil e recebeu R$ 600 mil de seu partido. O TSE também registra uma doação de R$ 4,6 mil de José Teije Correa da Costa.

O Democrata, em última pesquisa, realizada nesta semana em todo o estado pelo Instituto Voice, lidera com 35% das intenções de voto, seguido por Procurador Mauro, com 20% e por Nilson Leitão, com 19% da preferência do eleitorado.

Dentre os onze candidatos ao Senado, além de Jayme Campos, também tem valores altos gastos a ex-reitora da UFMT, Maria Lúcia Cavalli Neder (PCdoB), R$ 398,3 mil, Nilson Leitão (PSDB) com 342,5 mil e Carlos Fávaro (PSD), com 232,8 mil.


Veja os valores declarados e gastos pelos candidatos:


Jayme Campos (DEM):
Recebeu: R$ 1.237.048,16 – Gastou: R$1.035.866,82


Nilson Leitão (PSDB): Recebeu: R$ 2.583.030,00 – Gastou: R$ 345.580,40


Adilton Sachetti (PRB): Recebeu: R$ 850.000,00 – Gastou: R$ 1.450,08,00


Aladir (PPL): Recebeu: R$ 500,00 – Gastou: não informou


Carlos Fávaro (PSD): Recebeu: R$ 205.000,00 – Gastou: R$ 232.820,30


Waldir Caldas (Novo): Recebeu: R$ 21.077,16 – Gastou: R$ 20.653,20


Gilberto Lopes (PSOL): Recebeu: R $3.000,00 – Gastou: não informou


Selma Arruda (PSL): Recebeu: R$ 399.775,00 – Gastou: não informou


Procurador Mauro (PSOL): Recebeu: R$23.000,00 – Gastou: R$ 21.800,00


Sebastião Carlos (REDE): Recebeu: R$ 50.000,00 – Gastou: não informou
 

Maria Lucia (PCdoB): Recebeu: R$1.630.255,00 – Gastou: R$ 398.321,90
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet