Olhar Direto

Domingo, 17 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Fávaro recebe apoio da população de Cáceres e Pontes e Lacerda

Da Assessoria

02 Out 2018 - 17:11

Foto: Assessoria

Fávaro recebe apoio da população de Cáceres e Pontes e Lacerda
Em sua passagem pelos municípios de Cáceres (234 Km de Ciuiabá) e Pontes e Lacerda (443 Km de Cuiabá), o candidato Carlos Fávaro (PSD), recebeu o apoio da população para a sua candidatura ao Senado Federal. Em Cáceres, uma multidão acompanhou a carreata, nesta segunda-feira (01), que percorreu a cidade e que também contou com a presença dos candidatos ao governo, Mauro Mendes (DEM), e ao Senado Jayme Campos (DEM), além de lideranças regionais e candidatos da Coligação ‘Pra mudar Mato Grosso’.

Leia mais
Ministro garante a Fávaro implantação de programa Internet Para Todos em MT
 
A dona de casa Maria Conceição Vieira de Almeida, que participou da carreata, fez questão de afirmar que Fávaro representa renovação na política. “Eu quero confiar novamente nos políticos e acredito que o Fávaro nos representará muito bem no Senado, confio na sua história e no seu projeto”, disse ela, o que foi reafirmado pela agente de saúde, Evanilda Costa do Nascimento. “O meu voto é do Fávaro porque acredito na mudança, em uma política mais séria, voltada para a população que realmente precisa de serviços públicos de qualidade”, afirmou.
 
Para o biólogo Alberto Freire Garcete, como senador, Fávaro poderá fazer muito pelo município, principalmente nas questões que envolvem a regularização fundiária. “Temos muitas áreas em Cáceres sem a devida documentação e pela própria história de vida do Fávaro, que já viveu em área de assentamento rural e sempre esteve ligado ao associativismo, acreditamos que ele possa nos ajudar muita nisso, além de buscar formas para gerar mais oportunidades para a população dessa região”, pontuou ele.
 
Fávaro agradeceu o apoio recebido e se comprometeu em trabalhar com muita dedicação e empenho no Legislativo. “Minha enorme gratidão à população dessas cidades, aos organizadores, vereadores, lideranças e candidatos que estiveram conosco. Fico muito feliz com essa participação em um momento tão difícil para a política brasileira. Estamos unidos em um projeto para mudar a realidade do nosso estado e, nesta reta final da campanha, contamos com apoio de todos para fazer um Mato Grosso para todos os mato-grossenses”, garantiu ele.
 
Fávaro também destacou a importância de rediscutir um novo pacto federativo para que os municípios recebam mais recursos e a população seja beneficiada. ”O governo federal fica com mais de 60% dos impostos e os municípios com cerca de 17%, 20%, ou seja, essa divisão é totalmente injusta porque a população vive nas cidades. Além disso, Mato Grosso contribui muito e recebe bem menos do que deveria. Temos que ter uma representatividade política forte eu me comprometo a trabalhar incansavelmente para trazer de volta essa riqueza para o nosso estado”, afirmou.
 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zeca
    03 Out 2018 às 09:58

    Como a foto explicita, só cabos eleitorais pagos!

  • Gonçalo
    02 Out 2018 às 23:49

    Sera que é da população ou se alguns mercenários?? Vai vendo.

  • Vânio
    02 Out 2018 às 22:32

    esse aí é o novo na política? dá até vontade de rir, Fávaro participou do desgoverno do Taques praticamente todo o mandato, aí no final viu que a vaca estava indo pro brejo saiu fora, isso pra mim chama trairagem, agora fica por aí se apresentando como novo mas tem a prática da velha política, traindo antigos amigos para se dar bem, fora Carlos Fávaro!

  • Zeca
    02 Out 2018 às 18:32

    Sou de Pontes e Lacerda. Aqui votaremos Leitão e Jayme. Fávaro traiu o Taques. Sachetti por ser grande agricultor não tem votos por que aqui é região de gado e pequenas lavouras. Procurador Mauro é do PSOL, partido do sujeito que esfaqueou o Bolsonaro. Selma ficou brigando com todos de sua coligação, fez muita gente migrar seu voto para o Jayme. Pronto está bem explicado!

Sitevip Internet