Olhar Jurídico

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Eleitoral

Campanha "E Depois? Venda de voto é crime" é oficialmente lançada em Primavera do Leste

O presidente da Subseção da OAB de Primavera do Leste, Marcelo Theodoro, participou no último sábado (22 de setembro) do lançamento oficial da Campanha "E Depois? Venda de voto é crime", no município. A iniciativa partiu de entidades organizadas como a OAB Primavera do Leste, CDL, Aciple, Rotary, Unic Primavera, Maçonaria, Lions, Conselho de Pastores, Igreja Católica, Codeprim e Conseg.

Além da divulgação e adesivação de veículos na Avenida São João, em frente ao Centro Educacional Primavera, os organizadores promoveram uma caminhada pelas ruas centrais para chamar a atenção para a necessidade de informar sobre os crimes eleitorais, principalmente aos relacionados à compra e venda de votos.

De acordo com o presidente da subseção, Marcelo Theodoro, o movimento “E Depois? Venda de voto é crime”, é uma realização das entidades da sociedade civil organizada de Primavera do Leste sem conotação partidária, que defende eleições limpas em todos os sentidos, sem corrupção eleitoral, sem violência ou qualquer outra forma de cerceamento da liberdade de voto, contra a poluição sonora e visual das campanhas. Defendemos o debate de ideias e a liberdade de escolha do cidadão na hora do voto”, explicou.

Nos materiais impressos da campanha há a ênfase na divulgação de informações sobre a compra de voto, “a compra e também a venda de voto é crime e isso inclui aceitar cesta básica, combustível ou outro tipo de brinde, além de receber para colocar adesivo de candidatos no carro, casa, ou muro, bem como qualquer outro tipo de doação, ajuda de custo ou promessa de promoção financeira”, finalizou Marcelo Theodoro.

A organização do movimento ainda pretende fazer palestras em bairros da cidade.

Com informações do Jornal O Diário
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet