Olhar Jurídico

Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Notícias | Administrativo

DECISÃO

Pleno arquiva sindicância contra juiz acusado de ofender funcionário de condomínio

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Pleno arquiva sindicância contra juiz acusado de ofender funcionário de condomínio
O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso determinou no dia 13 de julho o arquivamento de uma sindicância em face do juiz Alexandre Delicato Pampado. Ele era acusado de ofender com injúrias raciais funcionários do condomínio Bonavita, em Cuiabá.
 
Leia mais:
Juíza recebe denúncia da convescote contra 22 pessoas por rombo de R$ 3 milhões


 Atuaram na defesa do magistrado os advogados Valber Melo, Dauto Passare e Milton Vizini. O julgamento ocorreu em sessão administrativa, durante expediente matutino.
 
O delegado Daniel Rozão Vendramel, que atua no município de Rondonópolis, denunciou o juiz Alexandre Pampado por crime de injúria racial contra o zelador e o porteiro do Bonavita.
 
A confusão aconteceu em 2014, quando Vendramel acompanhava o delegado de Cuiabá Gustavo Garcia Francisco no momento em que Pampado discutia com o porteiro.
 
A denúncia elaborada por Vandramel relatou que o magistrado “ofendeu com injúrias raciais funcionários do condomínio”.
 
O delegado de Rondonópolis descreveu que o juiz questionou a atuação do trabalhador. “Zelador de merda, como uma pessoa da sua cor consegue resolver as coisas”, teria dito o magistrado.

O desembargador Rui Ramos, presidente do Tribunal de Justiça, já havia determinado o arquivamento de um procedimento penal contra Alexandre Delicato Pampado.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet