Olhar Jurídico

Domingo, 05 de abril de 2020

Notícias / Criminal

Presidente da OAB classifica atuação de delegado como ‘desproporcional e midiática’

Da Redação - Arthur Santos da Silva

02 Ago 2019 - 14:33

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Presidente da OAB classifica atuação de delegado como ‘desproporcional e midiática’
Presidente de Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Leonardo Campos classificou como desproporcional e midiática a atuação do delegado João Eduardo Sampaio de Alencar no cumprimento de busca e apreensão contra o digital influencer Dom Wagner, conhecido como “rei do pacote”.

Leia também 
MT contesta cobrança que pode travar empréstimo dolarizado e investimentos de R$ 1,1 bilhão

 
Ao Olhar Jurídico, Leonardo Campos esclareceu que a Ordem não atuará diretamente em desdobramentos sobre o caso. Em exame inicial, não foi constatado desrespeito às prerrogativas de defensores.
 
O alvo da Polícia Civil deve contratar advogado particular ou buscar por auxílio da Defensoria Pública. O presidente da Ordem também comentou sobre a necessidade urgente de uma lei eficiente para tratar sobre abuso de autoridade. 

Em postagem nas redes sociais, Campos comentou: "precisamos urgente da lei de abuso de autoridade. Lamentável sob todos os aspectos".
 
A ocorrência policial ocorreu na manhã desta sexta-feira (2) na cidade de Poconé (a 104 km de Cuiabá). Dom Wagner chegou a ser encaminhado para prestar esclarecimentos na delegacia, mas já foi liberado. O delegado cumpriu mandado em busca de uma arma de fogo. Aparelho celular também foi apreendido. 
 
A corregedoria da Polícia Judiciária Civil já comunicou que vai investigar a conduta do delegado. Questionado sobre o vídeo em frente à Delegacia de Polícia Civil, o delegado alegou que não tem relação com a situação registrada com Dom Wagner.

 

24 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JULIANA limeiras
    05 Ago 2019 às 10:14

    Nessa história entre os personagens, o Delegado e tal Dom Wagner, dando uma olhada nos registros do TJ, verifico que um deles já foi condenado por denunciação caluniosa e responde a outros processos criminais e também responde por ações de improbidade..... e o interessante é que quem responde por isso não é o tal Dom Wagner....

  • Sampaio
    04 Ago 2019 às 10:06

    Hummmmm novidade esse posicionamento da OAB

  • José
    03 Ago 2019 às 19:34

    Parece que o blog elegeu duas ou três figuras para postar todo santo dia.

  • Mari
    03 Ago 2019 às 12:48

    Bem que a OAB poderia requerer reforma no Código Penal urgente... cidades sendo invadidad por facções criminosas, vamos defender o coletivo.

  • Carlos
    03 Ago 2019 às 08:41

    OAB que meter o bedelho em tudo, daqui uns dias vai estar igual ao PT todos vão repudiar.

  • Cuiabano
    03 Ago 2019 às 08:21

    OAB PUXADINHO DO PT....RIMOU ...

  • Reginaldo
    03 Ago 2019 às 07:59

    O ódio que o delegado fala no vídeo deixa claro que já tinha algo há mais tempo... só acho que o delegado fez o certo porém acabou escorregando no tomate. Soltar fogos, parafrasear o Dom Wagner, imitar o gesto dele e ainda xingar por uma apreensão de arma quente??? Como eu disse, escorregou no tomate.

  • Marco António
    02 Ago 2019 às 21:54

    Mandou bem o Delegado: deboche em reproche!

  • jose de soouza
    02 Ago 2019 às 18:44

    TEM DELEGADO QUE VAI FAZER BUSCA SM ESCRITÓRIO DE ADVOGAACIA, NEM ESPERA P REPRESENTANTE DA OAB CHEGAR, JÁ ESTA QUEBRANDO TUDO, ABUSO DE AUTORIDADE, POLICIAIS TUDO SE ACHANDO O BICHO DA GOIABA.

  • Greve na educação
    02 Ago 2019 às 18:23

    Está corretíssimo esse delegado respeitar o estado de direito, quero ver ser a OAB, vai pronunciar sobre os grampos, sobre a greve na educação... respeitamos a Ordem mal só que ela tem que ter uma postura diferenciada.

Sitevip Internet