Olhar Jurídico

Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Notícias / Eleitoral

TRE nega pedido para suspender processo que pode cassar Janaina Riva

Da Redação - Arthur Santos da Silva

17 Set 2019 - 14:22

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

TRE nega pedido para suspender processo que pode cassar Janaina Riva
O juiz Luís Aparecido Bortolussi Júnior, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), negou nesta terça-feira (17) pedido de tutela de urgência em Reclamação movida pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) em face do também juiz do TRE, Antônio Veloso Peleja Júnior.
 
Leia também 
Juiz suspende ação contra Silval e empresas que busca indenização de R$ 148 milhões por obras do VLT


A parlamentar requeria a suspensão de uma representação que tem Peleja como relator. O processo que julga infrações durante campanha pode gerar cassação de mandato. A reclamação ainda será julgada em seu mérito após manifestações das partes.
 
Quando candidata, Janaina apresentou sua prestação de contas, declarando como total de recursos recebidos o montante de R$ 969 mil e despesas contratadas de R$ 950 mil, alcançando o percentual de 95,04% do limite de gastos da campanha de deputado estadual, de R$ 1 milhão. Parecer técnico afirmou que a candidata reeleita apresentou suas informações com infrações na arrecadação e nos gastos de recursos.

Em contestação, a deputada estadual apresentou duas preliminares: decadência ante a intempestividade na proposição da ação e ausência de justa causa para a propositura da demanda.
 
Seguidas decisões de Antônio Veloso Peleja negaram as preliminares. O juiz decidiu ainda que das questões só seriam julgadas novamente, agora de forma colegiada, na sessão que sentenciará a representação eleitoral, momento processual ainda sem data definida.
 
Em confronto com a visão de Peleja, Janaina Riva acredita que a representação deve ganhar novos andamentos somente após as preliminares serem julgadas pelo colegiado do Tribunal Regional Eleitoral. Justamente pela divergência de entendimento houve propositura da Reclamação.
 
No mérito da Reclamação, que ainda será julgado, Janaina pede a remessa das questões preliminares ao colegiado para análise e julgamento.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Fernando
    17 Set 2019 às 23:45

    É minha colega, sua hora vai chegar. Tenha fé nisto. Filha de peixe, peixinho é.........

  • joao
    17 Set 2019 às 18:59

    FILHA DE PEIXE ,,,

  • CURIMBATAMT
    17 Set 2019 às 16:06

    QUEM TEM JANELA DE VIDRO, UM DIA QUEBRA KIKIKIKIKI

  • AVANÇA MT
    17 Set 2019 às 15:07

    ESSES TRE QUE NOS CUSTA BILHÕES TEM QUE PUNIR ,QUEM USA O PODER ECONOMICO PARA SE PERPETUAR NO PODER, O POVO NÃO PODE REELEJER MAIS OS MESMOS

  • eleitor
    17 Set 2019 às 14:43

    como anda as prestações de conta la pela banda de barra do bugre que sai também no jornal ninguém falou mas nada e as prestação de conta de candidatas que se quer teve seu voto explica ai o povo quer entender estas cotas das candidatas mulhrara .obrigada.

Sitevip Internet