Olhar Jurídico

Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Notícias / Criminal

Delator revela nome de empresário que pagou empréstimo supostamente fraudulento no Bic Banco

Da Redação - Arthur Santos da Silva

03 Out 2019 - 09:00

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Luiz Carlos Cuzziol

Luiz Carlos Cuzziol

Trecho do depoimento prestado pelo colaborador premiado e ex-superintendente do Bic Banco em Mato Grosso, Luiz Carlos Cuzziol, revela que o empresário Ulisses Viganó, dono da Cosnop Construções, pagou R$ 400 mil de um empréstimo contraído pela pessoa jurídica Ortolan Assessoria e Negócios Ltda. O pagamento de Viganó teria ocorrido a pedido de representantes do governo de Mato Grosso. Sem justificativa aparente, o empresário atuou como parte de uma triangulação. 

Leia também 
Juiz afirma que não há certeza de novos crimes e mantém Arcanjo no semiaberto

 
A informação foi revelada em processo que Cuzziol é réu junto do ex-secretário de casa Civil de Mato Grosso, Eder Moraes. Os dois são acusados por gestão fraudulenta de instituição financeira. A denúncia é uma continuidade ao trabalho da Operação Ararath.
 
De acordo com a denúncia, as provas colhidas apontam que foram praticadas inúmeras operações ilícitas de empréstimos bancários, totalizando aproximadamente R$ 12 milhões.
 
Os empréstimos eram concedidos à pessoa jurídica Ortolan Assessoria e Negócios Ltda, e tinham como garantia créditos fictícios que a empresa possuía junto ao governo do estado de Mato Grosso, por meio de simulação de prestação de serviços na área de consultoria e assessoria em gestão governamental.
 
Segundo o Ministério Público, durante a Operação Ararath, após diligências na Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz), ficou comprovada a inexistência de contrato ou processo de aquisição com a Ortolan Assessoria e Negócios.
 
Relatório produzido pela Controladoria Geral do Estado (CGE) também apontou que a empresa não estava cadastrada como credora do estado e, portanto, não haveria possibilidade de existir ordem bancária de pagamento em nome da Ortolan.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • CHIRRÃO
    03 Out 2019 às 09:53

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet