Olhar Jurídico

Domingo, 08 de dezembro de 2019

Notícias / Geral

MPMT licita compra de 2,5 mil cadeiras ao preço de R$ 3,7 milhões

Da Redação - Vinicius Mendes

13 Nov 2019 - 11:40

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

MPMT licita compra de 2,5 mil cadeiras ao preço de R$ 3,7 milhões
A empresa Stilus Máquinas e Equipamentos para Escritório venceu um processo licitatório realizado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) para a aquisição de 2,5 mil cadeiras ergométricas, no valor de R$ 3.740.000,00. De acordo com o MP as cadeiras serão adquiridas de acordo com a disponibilidade e disponibilizadas a todos os servidores do órgão em Mato Grosso.
 
Leia mais:
Juiz determina que construtora pague aluguel a moradores de condomínio com risco de colapso
 
No edital o MP define que a licitação é “para futuro e eventual fornecimento de aquisição de cadeiras, incluindo montagem, para atender as demandas dos gabinetes das promotorias de justiça da capital e interior de mato grosso”. O preço médio de cada cadeira deve ficar em R$ 1.496,00.
 
O Ministério Público afirmou que as 2,5 mil cadeiras serão ergométricas e destinadas a todos os servidores do MP em Mato Grosso. Foi estabelecido que elas devem ter estrutura de alumínio na base giratória, sejam revestidas com couríssimo de alta resistência e suportem até 140 quilos. As cadeiras devem ter cinco anos de garantia.
 
Leia a nota do MP na íntegra:
 
O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Assessoria de Imprensa, esclarece que a aquisição das cadeiras ergométricas, conforme ata de registro de preço nº 2044/2019, ocorrerá de forma gradativa. Importante destacar também que os referidos móveis serão destinados a membros e servidores de todo o estado com o objetivo de assegurar a saúde ocupacional no ambiente de trabalho, conforme estabelece a norma técnica (NBR 13962/2018).
 
A referida norma específica as características físicas e dimensionais das cadeiras de uso funcional, que devem ser ergonômicas e adequadas não só para o conforto do usuário, mas também para preservação da sua saúde.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Jurídico. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Jurídico poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Aderbal Siqueira
    13 Nov 2019 às 22:09

    Enquanto cortam minha aposentadoria compram cadeira de R$ 1500. É pra cair o ** da bunda mesmo.

  • Cesar
    13 Nov 2019 às 21:37

    Que é isto? Vamos denunciar ao MP/MT. Kkk E agora? Quem poderá nos defender?

  • Jaimão da Cohab nova
    13 Nov 2019 às 19:53

    Direcionado essa lecitação, quem ficou em quinto lugar que ganhou, os outros anteriores foram desclassificados.

  • Andre
    13 Nov 2019 às 18:20

    Sem noção esse MP .... O preso da unidade, médio dessas cadeiras dar de comprar 2 cadeiras Gamer de excelentes qualidades.... É uma palhaçada.... Quem deveria ter zelo com o dinheiro do contribuintes...

  • edson
    13 Nov 2019 às 16:25

    kkkkk piada né!!!!esses caras do judiciario vivem em outro mundo

  • José Carlos
    13 Nov 2019 às 13:04

    KKKKK, é o País do carnaval mesmo. Estamos ladeira abaixo.

Sitevip Internet