Olhar Jurídico

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias / Criminal

Feminicídio

Homem que matou cunhada por ameaçar divulgar suposto relacionamento é condenado a 17 anos de prisão

Da Redação - Wesley Santiago

11 Jul 2021 - 08:35

Foto: Reprodução

Homem que matou cunhada por ameaçar divulgar suposto relacionamento é condenado a 17 anos de prisão
Edimar Mendes Bugari foi condenado a mais de 17 anos de prisão pelo Tribunal do Júri da comarca de Juína (a 735km de Cuiabá), em sessão realizada na quinta-feira (08), por feminicídio e ocultação do cadáver da própria cunhada, Ana Paula Bugari Gonçalves. A vítima foi assassinada com golpes na cabeça.

Leia mais:
Mulher é atacada a marretadas pelo marido, que escavou cova no fundo de casa para enterrá-la

Conforme a denúncia do Ministério Público, Edimar Bugari matou Ana Paula Bugari Gonçalves a pauladas, na manhã de 29 de junho de 2019, na zona rural de Juína.

O condenado agiu com "nítida intenção homicida, com meio cruel e contra mulher por razões da condição de sexo feminino", desferindo golpes na cabeça da vítima.

Ciente de que a cunhada se deslocaria à zona urbana na manhã do crime e conhecedor do trajeto a ser percorrido por ela, Edimar Bugari cruelmente atacou Ana Paula. Após o crime, o assassino ocultou o cadáver da vítima visando não ser responsabilizado pelo homicídio.

A pena definitiva do réu foi arbitrada em 17 anos de reclusão e 10 dias-multa, em regime inicialmente fechado, sem direito a recorrer em liberdade, uma vez que esteve preso durante todo o trâmite processual.

À época, o marido de Ana Paula registrou boletim de ocorrência e afirmou que a mulher estava em uma chácara da família e saiu em uma motocicleta para buscar a mãe dela.

No entanto, Ana Paula não chegou até a mãe e nem retornou para a chácara. O marido encontrou a motocicleta dela parada no trajeto. A chave da moto não estava na ignição.

Quando preso, ele afirmou que tinha uma relacionamento com Ana Paula e a matou porque ela ameaçou contar para a família sobre o romance.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet