Olhar Jurídico

Sábado, 18 de setembro de 2021

Notícias / Criminal

grupo permanente

Aras determina instalação de Gaeco no Ministério Público Federal de Mato Grosso

Da Redação - Arthur Santos da Silva

22 Jul 2021 - 10:54

Foto: Reprodução

Aras determina instalação de Gaeco no Ministério Público Federal de Mato Grosso
Procurador-geral da República, Augusto Aras publicou portaria designando, até 31 de dezembro de 2021, a criação de Comissão Provisória de Instalação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) no âmbito do Ministério Público Federal em Mato Grosso.

Leia também 
Justiça extingue punibilidade de empresário dono da arma usada em homicídio no Alphaville

 
Segundo informado, a Comissão Provisória é incumbida de promover a instituição e a instalação definitiva do GAECO-MPF-MT, exercendo as atribuições do grupo até sua instalação definitiva. Os seguintes membros do Ministério Público Federal devem integrar a Comissão Provisória em Mato Grosso:  procuradores da República Everton Pereira Aguiar Araújo e  Fabrizio Predebon da Silva.
 
“A Comissão Provisória deverá definir o planejamento estrito de objetivos e resultados do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no âmbito do Ministério Público Federal em Mato Grosso (GAECO-MPF/MT), com a definição de prioridades, plano de ação, diretrizes e planejamento de operações a serem deflagradas, devendo tudo isso ser encaminhado à 2ª Câmara de Coordenação e Revisão para a instalação definitiva do Grupo”, diz trecho da portaria.
 
Os Gaecos são grupos permanentes que auxiliam membros do MPF responsáveis por grandes casos e investigações complexas. São formados nas Procuradorias da República nos estados e têm competência para auxiliar na investigação e persecução de crimes praticados por organizações criminosas; receber, produzir, analisar e difundir informações de inteligência e contrainteligência relacionadas ao combate ao crime organizado; e atuar nos casos em que o PGR determinar a intervenção em virtude de incidente de segurança envolvendo membros ou servidores.
 
Atualmente, já contam com Gaecos federais os estados de Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Amazonas, Pará, Rio de Janeiro e Bahia.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet