Olhar Jurídico

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias / Criminal

confessou crimes

Cabo Hércules pede reconhecimento de colaboração premiada para diminuir condenação

Da Redação - Arthur Santos da Silva

12 Ago 2021 - 14:52

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Cabo Hércules pede reconhecimento de colaboração premiada para diminuir condenação
Defesa de Hércules de Araújo Agostinho, conhecido como Cabo PM Hércules, requereu ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) ação de revisão criminal para que seja refeita dosimetria de condenação a 43 anos de prisão pelo assassinato do sargento PM Jesus.

Leia também 
Mulher encontrada em situação análoga a escravidão deve receber indenização trabalhista

 
Hércules, apontado como braço armado do ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro, está preso na Penitenciária Central do Estado e pede que seja reconhecida a Colaboração Premiada e assim modificando o quantum da pena.
 
Segundo defesa do condenado, o ex-policial militar apontou outros membros que compunham a organização criminosa, “nos crimes que eles cometeram no decorrer do tempo aqui no Estado de Mato Grosso”.
 
Ainda na petição da defesa, há manifestação para que, se não o entendimento não for pelo reconhecimento de delação, que seja reconhecida então em favor de Hércules a redução da pena em metade ou até dois terços.
 
Subsidiariamente, advogados requerem ainda que Hércules seja transferido para uma Penitenciária Militar, onde possa cumprir sua pena em estabelecimento prisional diferente dos outros corréus, “visto ser ex-policial militar, e conforme é notório e pacífico, não pode estar junto de outros detentos”.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet