Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Notícias | Política MT

DE MULETAS

Jayme Campos confirma intenção de disputar o Senado e reafirma diálogo

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Jayme Campos confirma intenção de disputar o Senado e reafirma diálogo
A condução da pré-campanha do Democratas ao governo de Mato Grosso cabe ao Diretório Regional e à militância da legenda, após o ex-prefeito Mauro Mendes (DEM) passar por cirurgia e ser obrigado a ficar uma temporada no estaleiro.  A esclarecimento do ex-governador Jayme Campos (DEM), pré-candidato ao Senado da República, serve para evitar atropelamentos e fazer com que seja respeitado o trabalho institucional realizado há meses pela Executiva do DEM.
 
A articulação política e o trabalho de construção realizado pelo presidente do Diretório do DEM, deputado federal Fábio Garcia, com a Executiva do Democratas, segundo Jayme, deve ter seqüência, porque existe um “verdadeiro exército” de pré-candidatos à Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa de Mato Grosso.
 
Leia Mais:
– Mauro Mendes passa por cirurgia ortopédica e vai fazer campanha de muletas, se for candidato a governador de MT

– Em uma só tacada, PSDB tenta aproximar Alckmin do agronegócio e ajudar Pedro Taques
 
Embora seja um dos líderes da Caravana de Encontros Regionais do DEM, Campos não aceita a missão de substituir Mendes. “Sou apenas pré-candidato a senador. Quem conduz a pré-campanha de governador pelo Democratas é o presidente  partido, deputado Fabinho. Estou pronto para ajudar, mas não vou atropelar ninguém”, sintetizou ele, com a experiência de cinco eleições majoritárias, todas vitoriosas.  
 
O fato de estar com problema físico, porém, na avaliação de Campos, não prejudica a visão política nem o raciocínio de Mendes. “É evidente que limita os deslocamentos e, principalmente as viagens, mas ele pensa com o cérebro e decide por sua inteligência”, pontuou o ex-governador, para a reportagem do Olhar Direto.
 
O Diretório Nacional do DEM patrocinou pesquisa para orientar as pré-candidaturas de Mendes ao palácio Paiaguás e Jayme para o Senado. Mauro Mendes relutou em assumir como pré-candidato sob o argumento de que necessitava de amarração do financiamento da campanha.
 
Em recuperação
 
Mauro Mendes sofreu acidente doméstico na última quarta-feira (27), quando brincava com a filhinha de três anos, passou por cirurgia de restauração do tendão de Aquiles, no Hospital São Matheus. Ele está proibido pelos médicos de colocar o pé direito no chão, devendo obrigatoriamente utilizar muletas em deslocamentos curtos ou cadeira de rodas. Na tarde de ontem, acompanhado de Fábio Garcia, uma foto foi postada onde o partido reafirma a pré-candidatura de Mendes, apesar do acidente.
 
Caso tudo ocorra dentro do previsto, Mauro Mendes volta às atividades provavelmente no começo de agosto – a convenção do DEM estava prevista para 25 de julho, mas deve ser adiada para a primeira semana de agosto.
 
Mauro Mendes tinha avançado diálogo com o ex-prefeito Otaviano Pivetta (PDT), para compor chapa como candidato a vice-governador; e com o deputado federal Adilton Sachetti (PRB), em outra vaga para o Senado, dividindo a chapa com Jayme.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet