Olhar Direto

Quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Notícias / Política MT

Taques admite corrupção em seu governo, mas contesta veracidade de delações no STF

Da Redação - Érika Oliveira

24 Set 2018 - 09:50

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Taques admite corrupção em seu governo, mas contesta veracidade de delações no STF
O governador Pedro Taques (PSDB) se disse “muito triste”, na manhã desta segunda-feira (24), com os casos de corrupção que ocorreram em seu governo. Com onze secretários supostamente envolvidos em irregularidades, o tucano admitiu que não conseguiu frear os escândalos que incluem desvios de verba da educação, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da saúde, mas contestou a existência de delações premiadas no Supremo Tribunal Federal (STF) que indiquem sua participação nos esquemas.

Leia mais:
Atrás nas pesquisas, Pedro Taques aposta em indecisos e comemora diminuição em rejeição

“Houve corrupção no nosso governo. Não vou mentir, porque não sou dado a mentira. O caso da Seduc começou em 2008, envolvendo deputados e muito mais. O que muda, é a maneira como você trata a corrupção. Não passei a mão na cabeça de ninguém. Mas vocês viram a delação? Os documentos? O STF tem um documento dizendo que foi homologado? Meus advogados estão atrás disto, mas não vi objetivamente esta resposta”, declarou Pedro Taques, durante entrevista concedida à Rádio Jovem Pan.

Conforme foi repercutido por toda a mídia, inclusive a nacional, o jornal Folha de S. Paulo revelou que o ministro Marco Aurélio, do STF, homologou os acordos de colaboração premiada do empresário Alan Malouf e do ex-secretário de Educação Permínio Pinto, ambos envolvidos no esquema de fraude em contratos da Seduc para beneficiar empreiteiras em troca de propina para quitar dívidas da campanha eleitoral de Pedro Taques de 2014.

Tanto Malouf quanto Permínio Pinto afirmam em suas delações que o governador tinha total conhecimento do esquema. O ex-secretário de Educação teria, ainda, entregue mensagens de WhatsApp aos investigadores, em que Taques aparece pedindo para que ele facilitasse licitações, com o objetivo de beneficiar os seus credores.

O depoimento de Alan Malouf e de Permínio Pinto teria, inclusive, levado a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), candidata ao Senado pela coligação de Pedro Taques, a declarar “independência” da chapa governista. “Para mim são indícios muito fortes do envolvimento dessas pessoas com aquele esquema da Seduc, da operação Rêmora”, disse, ao anunciar o rompimento.

O governador nega todas as acusações. “Mato Grosso é o segundo estado do Brasil que mais aplica a lei anticorrupção e o sexto que mais tem transparência, porque mudamos a administração. Houve casos? Sim, e é muito triste. Fizemos tudo para que não ocorresse, mas assim que ocorreu, tomamos todas as providências. Não tenho nada de errado que possa comprometer a minha honra”.

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • kimberly
    24 Set 2018 às 23:35

    antes eu pensava que esse problema desse governo com os servidores era so provocação dos servidores, mas pelos noticiarios vejo que isso é serio, o governador tenta parecer q ta tudo bem mas ate nos que nao somos seridores ja vimos que nao. Eu confesso estar decepcionada pq na epoca eu criticava os servidores dele mas hoje vejo que eles tem razao. Tenho ate vergonha, voti.

  • Luciano
    24 Set 2018 às 20:38

    Agora reconheceu os roubos e desvios na véspera de campanha sera porque

  • Carlos Nunes
    24 Set 2018 às 17:03

    ih! A Política de Mato Grosso faz tempo virou um caso de POLÍCIA, por isso o melhor candidato a Governador é o ARTHUR NOGUEIRA, cuiabano, ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal. É, pra caso de POLÍCIA é melhor colocar como Governador, um policial federal. Esse não vai roubar e não vai deixar ninguém passar a mão no bereré. Não basta apenas não roubar, não pode deixar é a turma meter a mão no dinheiro...e depois dizer que não sabia da nada. O novo Governador tem que saber de tudo e mais um pouco. Infelizmente no Governo do tio Taques teve corrupção, teve Grampos, teve Pedaladas. Grampos derrubaram o NIXON lá nos Estados Unidos...Pedaladas derrubaram a Dilma.

  • ANA
    24 Set 2018 às 16:21

    QUE ISSO GOVERNADOR.. SOBRENOME TAQUES TA FAMOSO ..KKKKKK

  • JORGE LUIZ
    24 Set 2018 às 14:01

    ESSE AÍ É O TÍPICO CARA QUE SABE QUE O POLEIRO DELE ESTÁ SUJO, MAS PARA ADMITIR ALGUM ERRO PRIMEIRO JOGA A CULPA LÁ NO PASSADO. CIDADÃO, NO SEU DESGOVERNO ROUBARAM E MUITO, ISSO É FATO, AGORA, EM 2019 FORA DESSE CARGO TU VAI TER QUE ESPERNEAR MUITO PARA NÃO IR PRO CASÃO ONDE O SIVAL FOI E SÓ

  • Carolina
    24 Set 2018 às 13:55

    Pedro Taques confessa mas não se inclui. Ata

  • Teka Almeida
    24 Set 2018 às 13:16

    Eu já tinha dito e vou reforçar. O DESgoverno finaliza em 31/12/2018. Em 2019, com a graça de Deus um novo governo. Ai... Ai começará aparcer as verdades dos 4 anos de DESgoverno, da cortupção que correu solta e comandada por elementos da familia Taques. Além de correr o que já foi descoberto, novos fatos virão... Ai o Silval será café pequeno.

  • O atalaia
    24 Set 2018 às 12:17

    Taques é mais um dos que, deliberadamente, montou num rinoceronte e não sabe como descer desse bicho feroz. Tem tudo para se machucar e se desanimar....mas, quem sabe, se ressicle e volte para o dorso do animal que nunca deveria ter montado....

  • sediclaur
    24 Set 2018 às 12:04

    Ô joaoderondonopolis, eu não me preocupo nem um pouquinho com isso. Ele, Taques, é que já deve tá bem preocupado.

  • Luiz
    24 Set 2018 às 11:27

    Começou a confessar os desvios...melhor seguir o conselho de Silval e fazer delação logo porque depois de janeiro sem mandato a coisa vai ficar preta...