Olhar Jurídico

Segunda-feira, 06 de dezembro de 2021

Notícias | Eleitoral

DEPUTADO TUCANO

TRE estabelece unanimidade para manter cassação de Avalone, mas conclusão de julgamento é adiada

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

TRE estabelece unanimidade para manter cassação de Avalone, mas conclusão de julgamento é adiada
Unanimidade do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) votou pela manutenção da cassação do deputado estadual Carlos Avalone (PSDB). Pedido de vista, nesta terça-feira (7), adiou conclusão de julgamento. Há dúvida se o recurso deve ser conhecido e rejeitado ou se não deve ser conhecido. Há duvida ainda sobre a possibilidade de aplicação de multa, reconhecendo caráter protelatório. Pedido de vista partiu de Jackson Coutinho. 

Leia também 
Advogado afirma que redistribuição de vacinas é louvável, mas pede novo planejamento em Cuiabá

 
É o segundo recurso de Avalone a ser julgado. Em 26 de março, a Justiça Eleitoral, de forma unânime, negou pedido para modificar acórdão que cassou o deputado. Reexame dos fatos ocorreu em sessão virtual do Tribunal Regional de Mato Grosso.

Antes, o Pleno do TRE decidiu, em dezembro de 2020, por unanimidade, cassar o mandato de Carlos Avalone (PSDB) por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu R$ 89,9 mil em dinheiro vivo, além de vários santinhos em um veículo na rodovia BR-070, em 2018, durante a época de campanha eleitoral.

O novo recurso contra cassação, a defesa de Avalone voltou a argumentar que a condenação considerou como parte fundamental do conjunto probatório vídeo que fora gravado por um dos policiais responsáveis pela abordagem do veículo.
 
Julgamento deve ser concluído na próxima sessão.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet